quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Mar tempestuoso

Erradas coordenadas em um mar tempestuoso
Onde o aço jamais é calado
Barulho de um encouraçado que atormenta
Terra distante, sanidade deixada de lado

O horizonte de um mar tempestuoso
Perdição em um mar de sangue
Torpedos sanguinários, tão rápidos quanto os anjos
Terra da devastação, homens, talvez um sonho!

Reorganizar a rota não será uma opção
Primeira carga dos canhões é chamada
Enganar a realidade do medo, apenas sonhos
Em um mar sem pátria, talvez nossa última morada

Grandiosa onda cortada por um aço sem alma
Erradas coordenadas encarando a bravura de uma onda
Hinos entoados no amado mar da devastação
Ao findar, bandeira dobrada e uma medalha de honra

O Horizonte de um mar tempestuoso
Perdição em um mar de sangue
Torpedos sanguinários, tão rápidos quanto os anjos
Terra da devastação, homens, talvez um sonho

Ass. Billy Bicudo 77